quinta-feira, 1 de novembro de 2007

Um tempo de Passagem...


É tempo de alegria!
É tempo de descobertas, de várias amizades, de vários amores, de várias festas e farras...
Nesse tempo aprendemos coisas que antes nunca aprenderíamos...
Nesse tempo falamos palavras jamais ditas antes...
Nesse tempo é normal dormir quando o dia já está começando..
Nesse tempo é quase inevitável não beber, fumar, ou ter novas aventuras...
Nesse tempo que traz muitas coisas boas... Encontramos também muitas coisas ruins...
É um tempo diferente...
É um tempo apaixonante...
É um tempo frustrante...
É um tempo que só o tempo pode apagar...
Vários amigos, vários desejos, vários anseios, inúmeros erros!

Dentro desse tempo, muitas vezes não encontramos tempo de pensar em que atitudes tomar...
Dentro desse tempo, quase nunca temos tempo de parar e apreciar...
O tempo parece que corre...e então corremos em busca do tempo perdido...
Fazemos tudo na base dos impulsos... agimos de forma a fugir do tempo que já passou... das desilusões já vividas...e das proibições que antes havia...
Nesse tempo você é o seu guia... Você escolhe o que vai ou não fazer... você decide se quer chegar cedo, tarde ou se nem vai voltar nesse dia...
É um tempo de responsabilidade... de “liberdade”... um tempo que deveria ser refletido a todo tempo...
Porém, são raras as vezes em que paramos para pensá-lo!

É um tempo meio louco... mas é tempo inesquecível!
É nesse tempo que você faz seus maiores amigos... pois nesse tempo os verdadeiros amigos se tornam uma família...
É nesse tempo que você aprende coisas para a vida toda... Não só em sala de aula, mas principalmente, fora dela...
É nesse tempo que você tem as maiores decepções, as maiores descobertas, as maiores saudades, as maiores vontades e as maiores loucuras...
O tempo desse tempo um dia acaba... porém as lembranças e experiências adquiridas você levará por todos os tempos..
É o melhor tempo para se aproveitar o tempo sem pensar no tempo que você passará vivendo as conseqüências das “bobeiras” e loucuras desse tempo.




Eliziane Aparecida de Oliveira
“Momentos da Faculdade”

3 comentários:

Yana disse...

Nossa, que agonia essas mãos saindo outras mãos..
Huahauhauahuha
Mto bonito o texto!
Eu te strogonoffooooo

Farina disse...

vc quem escreveu mesmo ? se sim eu vou ler :D

=**

Farina disse...

é tempo de encher a cara :D

=**